Radar

Radar   Geral   

Segundo a pesquisa Digital News Report 2016, realizada em 26 países pelo Reuters Institute for the Study of Journalism, da Universidade de Oxford, os artigos tradicionais ainda são o formato mais popular para consumo de conteúdo de notícias. Quase seis em cada 10 usuários de internet disseram que tinham lido um artigo na semana passada.

Porém, estão surgindo novos formatos como os “Listcles” (artigos com listas tipo top 10) (13%), assim como formatos mais visuais como galerias de fotos (20%) e infográficos (8%). O áudio (14%) figura em sétimo lugar da lista de formatos consumidos (ver o gráfico abaixo).

Uma surpresa revelada pela pesquisa foi que o consumo de vídeos de notícias não cresceu como esperado. A principal razão da resistência aos vídeos de notícias apontada pelos entrevistados é que a leitura é mais rápida e conveniente. A segunda maior razão é ter que aguardar um comercial em pre-roll (veja no gráfico abaixo todas os motivos mencionados). Vale notar que, por esta ótica, o consumo de áudio tem praticamente os mesmos problemas do consumo de vídeo.

 

Tipos de conteúdo de notícias consumidas online

Tipos de conteúdo de notícias consumidas online

 

Barreiras ao consumo online de vídeos de notícias

Barreiras ao consumo online de vídeos de notícias

 

Fonte: Reuters Institute for the Study of Journalism / Digital News Report 2016

Compartilhar

Enviar um comentário

error: