Radar

Radar   Podcasting   

 

O estudo “American Consumer (Spring 2017 release)”, da GfK MRI, avaliou o consumo de podcasts no mercado americano.

Os seguintes resultados podem ser destacados:

  • O alcance em 30 dias do podcasting subiu de 7% para 8,6% desde a pesquisa no ano anterior. É um crescimento de 23% no ano.
  • O ouvinte de podcasts é jovem e qualificado – 53% tem nível superior (73% a mais que a média da população), 45% têm uma profissão específica e/ou exercem funções de gestão (85% a mais que a média) , 45% estão na faixa 18-34 anos (50% a mais que a média).
  • Eles são mais ligados ao seu smartphone como fonte de entretenimento do que a média da população – 70% consideram o smartphone desta forma.
  • Os ouvintes são também leitores habituais de revistas e jornais – nos últimos 30 dias, 68% tinham visitado sites de revistas e 69% visitaram sites ou a versão eletrônica de um jornal. Particularmente, os sites de notícias são destinos populares dentre eles – 32% dos pesquisados tinham visitado o site do New York Times, 32% do Huffington Post, 22% do Wall Street Journal e 20% da BBC.
  • 20% dos ouvintes de podcasts são considerados “influenciadores”, isto é, estão engajados em 3 ou mais de 11 atividades públicas listadas pela pesquisa, desde fazer palestras até concorrer a um cargo político. Isto é 3 vezes mais que a população em geral, que registra apenas 7%.

Fonte: Inside Radio / GfK MRI

Compartilhar

Enviar um comentário

error: