Radar

Radar   Tecnologia   

O uso mais popular das caixas acústicas inteligentes é a procura por respostas à questões de caráter geral, algo como “Quem inventou a caneta?” ou “Quem é o ator mais bem pago?”. Ele reflete a experimentação do dispositivo pelos usuários nesta fase inicial de disseminação das caixas e, de forma mais abrangente, dos assistentes pessoais comandados por voz. Assim, para um determinado dispositivo, responder corretamente a estas perguntas pode significar ter mais chances de se popularizar e ganhar share.

A Stone Temple fez um estudo comparando o índice de acerto dos seguintes assistentes pessoais: Google Assistant (operando no Google Home), Cortana (Microsoft), Siri (Apple) e Alexa (operando no Echo da Amazon). Foram feitas 5 mil perguntas de teste para cada assistente. Foi registrado quando houve resposta e quando não houve (o assistente não soube como responder). As respostas foram então classificadas como corretas e completas ou como parciais ou incorretas. Para efeito de comparação, as mesmas perguntas foram feitas também através da busca do Google. O gráfico abaixo mostra os resultados.

Dentre os assistentes, o Google Assistant apresentou a melhor performance. Foram respondidas 68,1% das perguntas e 90,6% delas estavam corretas, ou seja, 61,7% do total.

Somando o fato de que a Google já tem os recursos necessários para lançar rapidamente o assistente em diversas línguas, ele seria uma boa aposta como líder de mercado em algum momento no futuro.

 

 

Fonte: Stone Temple

Compartilhar

Enviar um comentário

error: