Radar

 

O WorldDAB publicou um novo relatório mostrando o status da evolução do rádio digital DAB na Europa, Ásia e Oceania.

Em termos de políticas de adoção da tecnologia, destacamos os seguintes pontos:

  • A Noruega completou o desligamento do FM analógico em 2017.
  • O desligamento do FM na Suíça está programado para acontecer até 2024.
  • Todos os rádios vendidos na Itália e na França deverão ter o DAB+ a partir de 2020.

O relatório também mostra a penetração dos receptores DAB nos domicílios e a disponibilidade nos carros novos vendidos, dois parâmetros importantes para avaliar a evolução da adoção da tecnologia pela população. Os números apresentados são modestos se levarmos em conta que a tecnologia já está implantada há alguns anos.

Em alguns relatórios europeus, os números apresentados para a audiência do “radio digital” incluem não só o DAB como também o streaming. Isto acaba mascarando os resultados. Entretanto, o último relatório apresentou alguns dados do consumo de rádio no Reino Unido, Suíça e Dinamarca, separando a audiência por plataforma – AM/FM, DAB e streaming.

O que se observa é que: (a) a fatia do AM/FM ainda é significativa nos três países e (b) o crescimento do consumo por streaming parece ser bem mais acelerado que o do DAB.

A Suíça é um bom exemplo deste avanço da internet sobre o DAB. Embora o DAB tenha sido implantado bem antes de haver plataformas de streaming e conectividade acessíveis à população, a internet já alcançou um share de audiência praticamente igual ao do rádio digital.

 

 

 

Fonte: WorldDAB

Compartilhar

Enviar um comentário

error: