Radar

Radar   Podcasting   

Segundo a pesquisa Share Of Ear, realizada trimestralmente no mercado americano pela Edison Research desde 2014, o rádio AM/FM perdeu participação no tempo de consumo de áudio dos ouvintes americanos com 13+ anos.

De 2014 para 2018, a participação do rádio caiu de 51% para 45% do tempo total de audiência dos ouvintes, uma perda de 12% na sua fatia. Caíram também as participações das fatias de tempo dedicadas a ouvir as próprias músicas (-33%) e os canais de áudio na TV (-16%).

Ganharam share neste período o streaming de áudio, o SiriusXM, as músicas do YouTube e os podcasts. Destacam-se: (1) o streaming de áudio, que vem substituindo as músicas próprias e aumentou o seu share em 33% e (2) os podcasts, que mais que dobraram a sua participação, embora ela ainda seja pequena.

Os gráficos a seguir mostram a fatia de cada uma destas fontes de conteúdo de áudio em 2014 e 2018.

 

 

Outra conclusão importante da análise da série histórica da pesquisa foi que, de 2014 para 2018, as fontes de conteúdo de áudio distribuídas pela internet passaram de 22% para 35% de participação no tempo de consumo do ouvinte. Neste caso, o consumo via internet inclui também o streaming da programação das rádios AM/FM, além de podcasts, musicas do YouTube e streaming de serviços de música.

 

 

Fonte: Edison Research

Compartilhar

Enviar um comentário

error: