Radar

Foi anunciada na última semana que a Apple negocia a aquisição do Tidal (ver também: Apple negocia aquisição do Tidal).

Aparentemente, pelo menos duas ou três razões poderiam ser apontadas para este movimento da Apple. A primeira é que somar os 3 milhões de assinantes do Tidal aos 15 milhões da Apple (ver ranking atualizado de assinantes no gráfico abaixo), seria uma forma mais rápida de se aproximar do Spotify com 30 milhões.

A segunda é que o Tidal, como um streaming de alta qualidade é o meio do caminho entre a venda de músicas do iTunes e o serviço de streaming de musica do Apple Music. Funciona como complemento e também como um seguro para mudanças de rumo nos dois mercados.

A terceira razão é poder reunir em um só serviço artistas que hoje estão apenas no Tidal ou no Apple Music em decorrência de contratos de exclusividade.

 

Ranking por assinaturas dos serviços de música

Ranking por assinaturas dos serviços de música

 

Fonte: Statista / Music Industry Blog

Compartilhar

Enviar um comentário

error: