Radar


Dados da Voicebot sobre propriedade e uso de assistentes de voz por faixa etária mostram que os jovens americanos na faixa etária de 18 a 29 anos têm 75% mais chances de ter uma caixa inteligente do que aqueles acima de 60 anos. De fato, quanto mais jovem, maior a parcela daqueles que possuem smart speakers.



A Alexa, da Amazon, é a plataforma mais comum nos EUA. Segmentando por faixa etária, esta predominância é um pouco menor dentre os mais jovens. Porém, ainda não se pode afirmar que isto represente uma tendência.



Interessante notar que, embora os consumidores com mais de 60 anos tenham menos probabilidade de ter uma caixa inteligente que o público com menos de 30 anos, eles têm uma probabilidade um pouco maior de ser um usuário ativo diariamente se tiverem o dispositivo. O uso diário das smart speakers é de 47% para usuários com mais de 60 anos, comparado a apenas 43% para aqueles com menos de 30 anos. A maior frequência de uso nesta categoria é de 51% de uso diário pela faixa etária de 30 a 44 anos.



Veja também:
Cerca de 3 em cada 5 proprietários de smartphone usam o assistente de voz

Fonte: Voicebot

Compartilhar

Enviar um comentário

error: