Radar

Radar   Mobile   

A NAB acompanha as vendas de celular no mercado americano e verifica se os aparelhos têm ou não chip de FM instalado e se estão ou não ativados. Os últimos levantamentos mostraram que cerca da metade dos celulares mais vendidos por lá têm o chip ativado. O outra metade é composta, quase que integralmente, por iPhones e a Apple se nega a ativar o chip de FM existente, apesar dos apelos insistentes do radiodifusores.

No Brasil o cenário é diferente. Aqui, em maio, o Android tinha uma fatia de 85% da base de smartphones em operação e a tendência ainda é de crescimento deste percentual (as vendas no primeiro trimestre de aparelhos com Android foi de 93%, acima do share da base em operação). O iPhone, por sua vez, tem uma base de 12% e a tendência é de diminuição (o share de vendas ficou aquém do percentual da base no primeiro trimestre).

Ser um smartphone Android não significa ter o chip de FM ativado, porém, ser um iPhone é uma certeza de que a chance do chip vir a ser ativado é quase zero. Assim, a dominância e crescimento do Android no mercado brasileiro é um fato positivo para o radiodifusor que defende a ativação do FM nos celulares.

 

 

Fonte: StatCounter / Kantar Worldpanel

Compartilhar

Enviar um comentário

error: