Radar

Radar   Direitos   

O streaming é a principal fonte de faturamento da indústria da música nos EUA. Em 2016, ele foi responsável por 51% do total, seguido por vendas em meios físicos (24%), downloads (21%) e sincronização (uso em filmes etc) (2,7%) .

 

 

Nos últimos anos, os serviços de música por assinatura (Spotify, Apple Music e outros) tem sido a maior parcela do faturamento com streaming e também a que mais tem crescido. O rádio online (Pandora, Sirius XM e outros serviços de web radio) vem em segundo lugar. Por fim, vem o grupo dos serviços on-demand mantidos por publicidade como YouTube, Vevo e Spotify gratuito.

 

 

Fonte: RAIN / RIAA

Compartilhar

Enviar um comentário

error: